top of page

FÓRUM DO FUTURO: NOVA GOVERNANÇA,MESMA DIREÇÃO

O Desafio do Protocolo de Intenções.







Emiliano Botelho, Presidente Executivo


No dia 9 de outubro de 2023, pouco antes de completar 11 anos de existência, o Instituto Fórum do Futuro viveu um momento histórico. Conseguimos estruturar numa plataforma única de governança que dá suporte a um Programa Mínimo a bagagem visionária deixada por Alysson Paolinelli, iluminando o caminho em direção ao Terceiro Salto da Bioeconomia Tropical, que responde aos principais desafios globais da atualidade.


Não foi tarefa simples.


O Programa Mínimo une as perspectivas da Ciência, dos Produtores, dos Empresários, dos Comunicadores, dos gestores, da sociedade civil e dos jovens que participam dos debates propositivos oferecidos pela nossa Rede do Conhecimento.


Num País desacostumado a planejar integrando várias óticas sob uma bandeira colaborativa e multidisciplinar, trata-se de uma conquista maior, ainda que em escala diminuta. Como repetia Paolinelli, o Fórum pensa grande, começa com pequenas iniciativas e busca acelerar processos – andar rápido...


Agora é trabalhar muito, colocar a mão na massa, para transformar sonhos em realidade. Temos muito o que aprender ainda na convivência entre perspectivas diferentes na tentativa de organizar um Norte comum. Sem esquecer uma bandeira central de Paolinelli: é preciso trazer os jovens...


O propósito ajuda: trabalhar colaborativamente para a valorização e o protagonismo das tecnologias tropicais e para a democratização do seu acesso; ajudar a implementar Polos Demonstrativos da excelência da Bioeconomia Tropical Sustentável, Inclusiva e Saudável.

São nossas ferramentas de promoção de um diálogo consequente entre o Agro, a Ciência e a Sociedade.


Por esse caminho chegamos aos texto básico de um “Protocolo de Intenções” que formaliza e dá sentido ao que nos une. Esperamos receber críticas, sugestões e observações diversas em torno desses macro objetivos que dão suporte a estruturação de uma Bioeconomia Tropical forte, atuante, atenta às oportunidades e às ameaças deste complexo momento global.


Falar aos jovens é um capítulo especial deste processo, o que nos exige combinar ousadia, determinação e boa dose de humildade para cimentar uma sólida união em torno de objetivos estratégicos.


Muito obrigado a todos vocês.


Forte abraço.

115 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page