top of page

Regenera Cerrado pesquisa diversidade e abundância de abelhas em lavouras de soja


Os estudos identificaram uma elevada quantidade de abelhas nativas em áreas de plantio próximas a matas


Treinamento para coleta direta em lavoura com rede entomológica


Uma equipe de pesquisadores do projeto Regenera Cerrado está empenhada em avaliar a diversidade e abundância de abelhas e o serviço de polinização promovido por esses organismos em plantios de soja com diferentes níveis de adoção de bioinsumos. Esta é a proposta do objetivo 8 do projeto, que conta com uma equipe formada por quatro pesquisadores e cinco bolsistas de iniciação científica.


Durante a floração da soja na safra 2023/2024, foram realizadas coletas dos visitantes florais em um total de sete talhões de estudo, em pontos localizados perto e longe de manchas de mata, pertencentes a sete fazendas participantes do projeto na região de Rio Verde-GO.


Em dois meses e meio de coleta de campo, foi verificada uma elevada diversidade de espécies de abelhas com diferentes hábitos de nidificação (construção do ninho). Foram feitas coletas com rede entomológica e armadilhas coloridas, colocadas tanto nas áreas de lavoura quanto nas matas nativas mais próximas a estas áreas de cultivo.

Foram coletadas 769 abelhas, sendo 322 na mata e 409 na lavoura. Na amostragem, os pesquisadores identificaram 84 abelhas da espécie Apis mellifera, também conhecida como abelha africanizada, e 685 abelhas nativas que estão em processo de identificação. Os insetos coletados estão sendo triados e montados para identificação taxonômica no Laboratório de Biotecnologia Vegetal, do Instituto Federal Goiano (IF Goiano) - Campus Rio Verde e no Laboratório de Ecologia e Biossegurança da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia (Cenargen), em Brasília - DF.



Abelha do mel (Apis mellifera) visitando a flor da soja


“Tivemos um trabalho intenso que começou em novembro com o início da floração e terminamos no mês de fevereiro com a colheita. Em cada área amostrada, coletamos parcelas de 4 metros lineares de planta perto e longe de mata para avaliar a produtividade. A equipe fez a análise de plantas individualmente, identificando o número de vagens formadas, número de grãos por vagem e peso desses grãos. Estamos tabulando os dados para finalizar as análises”, explica a pesquisadora Carmen Pires, da Embrapa Cenargen, que coordena a equipe do objetivo 8 do Regenera Cerrado.


De acordo com a pesquisadora, além do impacto das abelhas na produtividade da soja, os estudos em andamento deverão apontar se a polinização promovida pelas abelhas pode também interferir na qualidade dos grãos. Para isso, os grãos estão sendo analisados no Laboratório de Pós-colheita do Instituto Federal Goiano.


Verificações preliminares


Houve uma variação na quantidade de abelhas coletadas por área, de 23 a 188 indivíduos. Para entender o que explica a diferença na abundância das abelhas entre as fazendas, os pesquisadores estão analisando fatores como as práticas locais, tipo de vegetação do entorno e configuração da paisagem.


“Com as pesquisas em andamento pela equipe do objetivo 8, esperamos trazer uma perspectiva numa escala mais ampla, que não se restringe apenas ao contexto do talhão estudado. Buscamos as respostas também no contexto da paisagem, pois acreditamos que influencia nesta variação de abundância das abelhas entre as fazendas”, relata o pesquisador Davi Ramos, que está atuando no projeto pela Embrapa Cenargen e pelo IF Goiano.

O pesquisador destaca a importância de um dado verificado pela equipe: há maior abundância de abelhas coletadas nas áreas de lavoura em relação às áreas de mata. “Este é um resultado preliminar interessante, pois indica que a lavoura tem sido um ambiente propício para as abelhas, que podem estar atrás de recursos ou locais para construírem o ninho. O fato é que a presença da abelha já é um indicador de qualidade do ambiente”, afirma Davi.

Um outro aspecto observado pelos pesquisadores é que a distância da mata reduz a abundância das abelhas nativas na área de plantio, o que confirma, segundo eles, a importância de se manter áreas de preservação no entorno das lavouras.


Equipe durante a triagem de grãos de soja realizada no Laboratório de pós-colheita


Com o avanço de estudos nos últimos anos sobre papel dos agentes polinizadores, principalmente as abelhas, no incremento da produção, o tema tem atraído a atenção dos produtores.


De acordo com os pesquisadores, existe grande possibilidade de associação bem-sucedida da atividade da apicultura com a produção de soja, principalmente nestas áreas onde o uso de agrotóxicos tem sido substituído por bioinsumos.


Além dos pesquisadores Carmen Pires e Davi Ramos, a equipe do objetivo 8 é composta pelos pesquisadores Decio Luiz Gazzoni (Embrapa Soja), Fabiano Guimarães (IF Goiano) e os bolsistas de iniciação científica Ana Paula Costa, Filippe Vieira, Isis Aparecida Lima, Jackson Hoffman e Maria Eduarda Zebian.


Sobre o projeto


O Regenera Cerrado tem como objetivo disseminar técnicas de agricultura regenerativa, respaldadas cientificamente e que sirvam de exemplo escalável de produção de soja e milho para o Brasil e para o mundo.

Criado no Instituto Fórum do Futuro, em 2022, o projeto conta com o patrocínio da Cargill, execução operacional do Instituto BioSistêmico (IBS) e parceria de 10 instituições nacionais e 12 fazendas da região no entorno do município de Rio Verde, no sudoeste de Goiás.

As instituições parceiras no Projeto Regenera Cerrado são a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), o Grupo Associado de Agricultura Sustentável (GAAS), o Grupo Associado de Pesquisa do Sudoeste Goiano (GAPES), o Instituto Federal Goiano, a Universidade Federal de Lavras (UFLA), a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), a Universidade Federal de Viçosa (UFV), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade de Brasília (UnB).

 

Para mais informações sobre o projeto, acesse o site do Instituto Fórum do Futuro! https://www.forumdofuturo.org/regenera-cerradoLaboratório

55 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page